Salva Comida

Salva Comida

comida, anúncio, atacado, restaurantes, buffets
Nov 7 '15
Entrevistado: Fábio Guerles
gerente da área ambiental - Grupo GTFoods

ANVISA permitiria nosso projeto?
Não há problema dentro do prazo de validade. Só presta contas se tiver denúncia ou fiscalização.

Problemas para destinação
1a linha: o desperdício de alimentos por si (parte social) já é um fator agravante. Um cenário onde há pessoas que não tem alimentos;
2o: pra a empresa custa. Para destin
Entrevistado: Fábio Guerles
gerente da área ambiental - Grupo GTFoods

ANVISA permitiria nosso projeto?
Não há problema dentro do prazo de validade. Só presta contas se tiver denúncia ou fiscalização.

Problemas para destinação
1a linha: o desperdício de alimentos por si (parte social) já é um fator agravante. Um cenário onde há pessoas que não tem alimentos;
2o: pra a empresa custa. Para destinar esse alimento vencido, há desembolso financeiro;
3o: se isso vai pra uma coleta municipal você vai ajudar a faturar perda - resíduo orgânico vai pra compostagem. Hoje muitas empresas que têm a colega do município isso vai pra aterro. Acaba reduzindo vida útil de aterro. É um material que poderia ser transformado em adubo e voltar pro solo. Exemplo: há vida útil de 30 anos. 40% dos resíduos são orgânicos - diminue-se quase 40% da vida útil de um aterro.
É mais público o problema do que qualquer outro.
Embalagem de alimento: quando manda um material desse pra destinação, é feita uma triagem. Todo material reciclável (Exemplo: pacote de arroz). Não são todas, mas há obrigação da triagem. Você paga para destinar o arroz. A responsabilidade é transferida, mas também compartilhada em todas as partes da cadeia: o problema é de todos. A partir do momento que você paga, não quer dizer que não haja responsabilidade.
Há perda, mais gastos de destinação, cujas empresas da cadeia produtiva têm responsabilidade legal e devem acompanhar.
more